gototopgototop
  1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>
  • Projeto do GPAC-Amazônia foi finalista no Prêmio ANA

  • Visita de pesquisadores franceses do CRPLC (CNRS-UAG)

  • Seminário internacional

  • Prof. Otávio do Canto é premiado pela ANPPAS

  • PPGEDAM no 7º ENANPPAS

Projeto do GPAC-Amazônia foi finalista no Prêmio ANA

ImprimirE-mail

O projeto "Aproveitamento de Água da Chuva na Amazônia", do Grupo de Pesquisa Aproveitamento de Água da Chuva, Saneamento e Meio Ambiente na Amazonia, sob coordenação do Prof. Dr. Ronaldo Mendes, docente do PPGEDAM e do Núcleo de Meio Ambiente (NUMA), foi um dos finalistas da maior premiação do Brasil quando o tema é água, o Prêmio ANA, promovido pela Agência Nacional de Águas.

Apesar da Amazônia ter uma grande disponibilidade de água, isso não significa que a água tenha a qualidade adequada para o consumo, principalmente para população ribeirinha, que são comunidades carentes e pouco assistidas pelo poder público, logo, o objetivo do projeto é desenvolver modelos de sistema de abastecimento de água para fins potáveis de baixo custo, usando como alternativa a água da chuva. Outro objetivo é o diagnóstico socioeconômico para avaliar as demandas de água e conhecer a incidência de doenças de veiculação hídrica, incluindo origem, formas de captação, armazenamento e uso da água da chuva.

SEBRAE/PA e CNPQ selecionam bolsistas

ImprimirE-mail

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – SEBRAE/PA, tornam pública a abertura das inscrições para captação de BOLSISTAS para atuarem como ORIENTADORES e AGENTES no Programa ALI – Agentes Locais de Inovação, cujo objetivo é promover a prática continuada de ações de inovação nas empresas de pequeno porte, por meio de uma orientação proativa e personalizada.

Para mais informações clique aqui.

A nova face dos grandes projetos na Amazônia

Escrito por André Farias (em O Liberal de 22/6/2015)

ImprimirE-mail

Vulcano era um deus grego construtor das obras do Olimpo. Tinha o poder de dar movimento às suas criações, permitindo que os trípodes pudessem se mover para entrar e sair do palácio celestial. No cinema, os trípodes são máquinas alienígenas que ganham vida, após anos enterrados no chão e destroem a humanidade com raios desintegradores. A semelhança entre os trípodes e os grandes projetos está no seu caráter alienígena à região e os grandes impactos causados. Mas não são criados por deuses ou simplesmente brotam do chão acordados por uma força superior. Eles têm história, lógica, atuam no território e possuem comando. Segundo Milton Santos, são grandes coisas artificiais, grandes objetos, produtos da história dos homens e dos lugares. Assim, este ensaio trata da nova face dos grandes projetos. É necessário compreendê-los como produto histórico dos homens e lugares. Na Amazônia, a nova face se apresenta sob véu da sustentabilidade.

Visita de pesquisadores franceses do CRPLC (CNRS-UAG)

ImprimirE-mail

Reunião pesquisadoresO Núcleo de Meio Ambiente recebeu na quarta, 17 de maio, a visita de comitiva de representantes do Centro de pesquisa sobre poderes locais no Caribe (CRPLC), unidade acadêmica que integra pesquisadores do Centro Nacional de Pesquisa Científica (CNRS) da França e da Universidade das Antilhas e da Guiana (UAG). A visita de trabalho foi organizada pelos professores Rodolpho Zahluth Bastos (PPGEDAM/NUMA) e Lise Tupiassu-Merlin (ICJ/UFPA), e contou com a participação de professores da UFPA (ICJ, NUMA) e do Centro Universitário do Pará (CESUPA).

Seminário internacional

ImprimirE-mail

Parceiros Seminario InternacionalI Seminário internacional de cooperação científica

"Uso e gestão dos recursos naturais renováveis: diálogos pluridisciplinares entre Amazônia brasileira e Caribe"

Data: 15 e 16 de junho de 2015

Local: Auditório Ney Sardinha (CESUPA Alcindo Cacela)

Organização: CESUPA, UFPA (ICJ e NUMA), Université des Antilles et de la Guyane, CNRS (França) e Centre de Recherche sur les Pouvoirs Locaux dans la Caraibe (CRPLC)

Integração Lavoura-Pecuária-Floresta no Pará

Escrito por Rosana Maneschy (em O Liberal de 10/6/2015)

ImprimirE-mail

Tradicionalmente na Amazônia sistemas agroflorestais e/ou integrados são praticados por indígenas, ribeirinhos dentre outras comunidades rurais.

Na década de 1990 o governo federal incentivou a adoção de sistemas integrados via Fundo Constitucional Norte. O pacote proposto envolvia a associação de fruteiras. Com raras exceções, o programa não foi bem-sucedido, geralmente por problemas agrotécnicos e socioeconômicos. Nesse período as experiências com integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF) no Pará baseavam-se no uso de árvores/palmeiras de regeneração natural e associação de plantios arbóreos com pastagens.

Marco legal da biodiversidade

Escrito por Rodolpho Zahluth Bastos (em O Liberal de 8/6/2015)

ImprimirE-mail

Com a Lei 13.123/2015, instituiu-se o marco legal da biodiversidade. Há certo grau de exagero na denominação, posto que a lei limita-se a regular as atividades de acesso ao patrimônio genético do país de modo a atender um dos três objetivos da Convenção sobre diversidade biológica: a repartição justa e equitativa dos benefícios provenientes da utilização dos recursos genéticos.

A lei não se aplica ao patrimônio genético humano e tem como foco estabelecer mecanismos de gestão, controle e fiscalização sobre as atividades de pesquisa e desenvolvimento tecnológico, realizadas sobre amostras de patrimônio genético (vegetais, animais, microbianas, incluindo substâncias oriundas do metabolismo destes seres vivos). No que tange ao objetivo de repartição de benefícios, tem como objetivo regular as atividades de exploração econômica de produtos oriundos do acesso ao patrimônio genético ou ao conhecimento tradicional associado.

Processo Seletivo 2015

Mural PPGEDAM

Sistemas UFPA

  • SIGAA
  • FICAT
  • Pergamum

Parceiros PPGEDAM

  • LINKS-REL CAPES
  • LINKS-REL CNPQ
  • nova logomarca fap2013
  • LINKS-REL FORUM
  • ANPPAS
  • LINKS-REL UPARIS
  • LINKS-REL EMBRAPA
  • LINKS-REL MUSEU
  • LINKS-REL UFRA
  • propesp
  • LINKS-REL LEMAC
  • LINKS-REL NUMA

LINKS-UFPA 74x74LINKS-BIBLIOTECA 74x74LINKS-CAPES 74x74

Registre-se